A malta gosta é de petiscos

 A selva da amazónia tem alimentos comestíveis para os seres humanos como plantas ou frutos. Prova disso é a eficácia de sobrevivência dos índios que lá habitam há bastante tempo geração após geração. Alguns deles podem ser bastante nutritivos e curar ou ajudar a curar algumas maletas, conforme estudos efectuados por nutricionistas, numa grande variedade de alimentos consumidos já pelos europeus.
 Então analisemos uma pequena parte do modelo de forças competitivas de Porter.

porter

 A introdução de novos produtos concorrentes obtidos a partir da recolha de sementes e dados de desenvolvimento das plantas iriam revolucionar o mercado dos alimentos e não só.
 As inovações passariam por novas receitas (quem sabe com a nossa famosa alfarroba) bem mais saborosas, novos transgénicos (com a introdução de genes das plantas amazónicas noutras plantas para produzirem mais), novos postos de trabalho, horas de formação com  o pessoal, novos alimentos, uma alimentação mais equilibrada e variada, cosmética, rações, etc.
 Uma empresa para surgir tem de ter algo de original e as empresas criam trabalho.
 Qual o motivo de arriscar assim?
 Por que tal como tu sou um cão que só pensa no dinheiro e a comida é uma forma de dinheiro.
 Mas que raio tem a ver com o peidaki?
 Depois de uma refeição de 5 estrelas, então nada melhor que as piadas do peidaki para ajudar à digestão.

Sobre peidaki

Barbeiro e ginecologista
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s